Arquivos da categoria: Críticas

Fala, meu povo! Alguns filmes marcaram para sempre a história do cinema, sendo considerados atualmente grandes clássicos. Porém, com o passar do tempo, não poderíamos deixar de notar que alguns refletem o que há de pior no preconceito, em alguns casos até mesmo para a época.

Continuando com a nossa série sobre a Era de Ouro de Hollywood, vamos focar hoje num dos pilares para a construção desta era: O patriarcado! Segurem esses Tempos modernos, em que podemos expor os escândalos de Hollywood (parte 2).

Destacamento Blood é o novo filme do Spike Lee, e nos propõe um recorte da guerra do Vietnã diferenciado; sem mentir, nem omitir. É um retrato racial e social que resgata o ontem das lutas sociais com o nosso hoje! 

Durante as décadas de 20 até 60, Hollywood teve sua ascensão em seu cenário cinematográfico, um cinema restaurado – pós-guerra, e precisava inovar para aqueles que nasceram no mundo que surgiu depois do conflito. Podem entrar: Baby Boomers.

Um homem que não se considera um reles mortal, corrompido pela ganância e a sede de ter sempre mais. Um neto sequestrado e um pedido de resgate: 17 milhões de dólares. Um filme que é indicado aos Oscars. Será que vale a pena assistir?

Em 2018 muitos falaram que seriam resistência, e agora realmente temos que ser, contra um vírus. O que um filme poderia ter de tão atual quanto o momento que estamos vivendo? A resposta está no nome: Resistance.

No dia 23 de fevereiro, o clássico Pinóquio – animação produzida pela Walt Disney – completou 80 anos de existência, e fez parte da infância de muitas gerações, sendo lembrado com muito carinho, nostalgia e… Controvérsia. Para explorar melhor isso, vamos recorrer ao livro no qual Disney se baseou
para conceber o clássico.

Fala, meu povo! Quem chega em Miss Violence pela primeira vez inocentemente o associa a um simples drama europeu. De fato, o drama é um dos gêneros pelos quais essa produção grega transita, mas não se engane, pois estamos diante de um suspense psicológico perverso!

Fala, meu povo! Os fãs de horror estão sendo presenteados ultimamente com produções nacionais do gênero, que têm desafiado obstáculos e preconceitos por parte dos que não curtem filmes brasileiros. No caso de As boas maneiras, uma fábula moderna que mistura terror, drama e fantasia, eu pensei em colocá-lo no quadro ZONA DO MEDO, porém creio que esse filmaço deve ser assistido por todos os brasileiros, fazendo com que o lugar dele seja aqui!

Fala, meu povo! Um dos candidatos a Melhor Filme nesta edição do Oscar é Marriage Story, um drama extremamente realista que retrata de forma sensível como um divórcio pode afetar a vida de todos os envolvidos. Será que esse filme original da Netflix merecia estar entre os indicados? Com toda certeza! E vou te falar o motivo nesse texto!
10/15