Arquivos da categoria: Críticas

O Nerdeteria está de volta! E vamos falar sobre OS QUADRINHOS NACIONAIS! Ninguém melhor para falar dos Quadrinhos Nacionais do que ele, que tem trazido tantas histórias originais incríveis nos últimos anos: Gabriel Arrais! Ele é músico, roteirista, quadrinista e autor de Necromorfus, e Era Uma Vez na Terra – Regra Número Um! Vem com a gente, vamos de Quadrinhos Nacionais e Gabriel Arrais!

Chegamos ao fim de Quadrinhos e Racismo! E para fechar com chave de ouro, vamos falar dele, que é considerado o MAIOR herói negro de todos os tempos. Aquele que abriu diversas portas para diversidade de cores, mas que também, infelizmente, carrega diversos problemas de representação, racismo, e estereótipos de negritudeO PANTERA NEGRA!

E a série sobre Quadrinhos e Racismo – Os primeiros heróis negros  – continua! Desta vez, falamos sobre um dos soldados mais famosos da Marvel, que ficou ainda mais famoso depois do cinema: Sam Wilson, O FALCÃO! Um heróis que tinha tudo para ter seu espaço, mas vive nas sombras de outros heróis brancos.

Seguindo com a série Quadrinhos e Racismo, falamos sobre o primeiro personagem negro memorável da DC Comics, a versão negra do Lanterna Verde, com o policial negro John Stewart, lançado na comic Green Lantern – Nº 87, 1971.

Seguindo com a série Quadrinhos e Racismo, falamos sobre um dos principais personagens negros na Marvel nos dias atuais: Um herói conhecido por sua durabilidade, força extrema, e por ser um cidadão negro estadunidense que carrega o trocadilho com cela em seu nome: Luke Cage, o Negro a prova de balas.

Começa agora uma série muito importante para o NS! Hoje, falamos sobre Pantera Negra, Quadrinhos e Cinema. Começa agora PANTERA NEGRA: Um Problema de Representação.

E dando início a série Quadrinhos e Racismo, falamos sobre a talvez mais famosa heroína negra dos quadrinhos – a personagem afro-americana Ororo Munroe, codinome Tempestade! Uma análise de sua primeira aparição, na revista Giant-Size X-Men – Nº1, 1975.

E se eu dissesse para você que aquele herói negro, símbolo da representatividade nos quadrinhos, carrega fortes estereótipos de negritude e reproduz um racismo latente, vindo desde a sua criação? Durante todo o mês de novembro, semanalmente, destrincharemos Os Primeiros Heróis Negros e o Racismo nos Quadrinhos!

Os heróis negros em quadrinhos! Hoje preenchem um curto espaço nas adaptações para telinhas e telonas das grandes empresas… Mas como chegaram até ali? Afinal, como surgem os heróis negros, e será que é uma representação válida? Vem com a gente, que o Nerdeteria tá começando!

O dia 20 de novembro – Dia da Consciência Negra passou. O que não pode passar é a nossa vontade de ajudar o movimento negro, participar da luta antirracista e é claro, a vontade de consumir conteúdo e conhecimento produzido por pessoas pretas. O dia 20 ‘acabou’. A luta não.

10/14