Arquivos da categoria: Reviews

 Milagre na cela 7, um verdadeiro fenômeno que chegou recentemente a Netflix. Um ótimo filme que merece ser visto, não só pela trama comovente, como também por suas influências. Texto com pequenos spoilers!

Fala, meu povo! Remakes nem sempre são simples caça-níquéis, algumas vezes conseguindo ter um sopro de originalidade. Aqui, vou apresentar alguns dos remakes de terror que deram certo e conseguiram cumprir sua missão.

Eaí pessoal, aqui quem fala é o Lucas Daniel! Eu geralmente tô aqui falando de séries, filmes e outras coisitas mais. Hoje não é diferente, vamos indicar filmes de ação que você provavelmente nunca assistiu. Todos originais, com ótimo design de produção, direção de fotografia e cenas de ação muito, muito, MUITO instigantes.

No dia 23 de fevereiro, o clássico Pinóquio – animação produzida pela Walt Disney – completou 80 anos de existência, e fez parte da infância de muitas gerações, sendo lembrado com muito carinho, nostalgia e… Controvérsia. Para explorar melhor isso, vamos recorrer ao livro no qual Disney se baseou
para conceber o clássico.

Fala, meu povo! Agora 2020 começou valendo, após o carnaval! Dentre as produções que comentamos que poderiam ser relevantes para o Horror esse ano, The invisible man era um dos filmes que eu menos colocava fé, mas eis que temos aqui uma grata surpresa!

O Carnaval chegou, e para o bom pernambucano, é a época perfeita para subir e descer ladeiras e brincar bastante. Mas não é por causa disso que a gente não pode assistir um filminho, não é mesmo? Por isso estamos aqui falando sobre o documentário brasileiro – Estou Me Guardando Para Quando o Carnaval Chegar! 

O que Mrs Fletcher, de 45 anos,teria haver com Grace e Frankie que já estão na casa dos 70 anos? A resposta é simples: as três estão em busca de experiências sexuais em meio ao cotidiano.

 

Os “novos” Les Misérables (2019) do diretor Ladj Ly é o tipo de filme que te dá um baita tapa na cara e ainda te faz dizer um obrigado agridoce. Tratando-se de um lembrete ambulante de que os clássicos nunca morrem – adaptam-se, mudam de rostos, datas, causas e localidades –, mostra que a miséria, não só financeira como humana, ainda prospera, sendo um fantasma inescapável que assola para além das ruas francesas que causam dèjávú em qualquer brasileiro. Basta apenas olhar um pouquinho mais atentamente.Damien Bonnard, Alexis Menenti e Djebril Zonga, então, te dão os óculos.

Jojo Rabbit é um dos nove filmes indicados ao Oscar 2020,cerimônia que o ocorre dia 9 de fevereiro.Dirigido,escrito e também protagonizado por Taika Waititi,estrelado por nomes já conhecidos como Scarlett Johansson. E o que ele teria de especial para levar a estatueta e tirar o favoritismo de 1917?

Analisando a lista de indicados ao Oscar de melhor filme,​em​ ​sua maioria são elencos masculinos​,ou um personagem principal homem. Adoráveis Mulheres é o ​único ​filme de elenco principal feminino, no meio de 1917,ou da utopia que é Era uma vez… em Hollywood, ​com​ ​quebras de tabus e discursos feministas. Assim, ​o Oscar precisava de uma indicação que dialoga com a atualidade​.
10/14